Receita de Okonomiyaki - Ingredientes, Como fazer e Tempo de preparo! | Diversos e Acompanhamentos
  
Bem-vindo ao Mundo de Sabores, o seu site de receitas do dia-a-dia.
Aqui você encontra as melhores receitas além de dicas para preparar centenas de pratos deliciosos de forma prática.
Confira também a área de Drinks!
topo info
logo pequeno Cadastre-se!
Cadastre-se em nosso site e compartilhe suas receitas com o mundo agora mesmo!
E-Mail:  
Senha:
barra direita inferior




receita


Okonomiyaki

Okonomiyaki

:: Enviada por Camila
Diversos e Acompanhamentos

Ingredientes para Okonomiyaki:

50 g de farinha de trigo peneirada
1/2 coher (chá) de fermento
¼ xícara (chá) de leite
¼ xícara (chá) de dashi
1 ovo, ligeiramente batido
2 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
2 xícaras (chá) de repolho picado
Sal
Flocos de atum seco
(katsuobushi)Molho tonkatsu

Publicidade:

Como Preparar Okonomiyaki:

Misture a farinha de trigo, o leite, dashi, e sal. Acrescente o ovo e mexa bem. Por último coloque o repolho e a cebolinha.

Aqueça um pinguinho de óleo em uma frigideira anti-aderente (eu uso o spray) e faça as panquecas em fogo baixo. Deixe por cerca de 4 a 5 min, pressionando suavemente com a espátula. Vire quando ficarem firmes e douradas por baixo. Pincele com o molho tonkatsu e polvilhe os flocos de atum antes de servir.

Publicidade


Quem sabe combina com Fondue no Pão

O que precisa para fazer Fondue no Pão:
Para o fermento natural:

- 1 kg de farinha de trigo
- 500 ml de caldo de cana puro

Para o pão italiano:

- 1 kg de farinha de trigo especial
- 20 g de sal
- 300 g de fermento natural
- 10 g de fermento biológico diluído em 550 ml de água
filtrada

Para o fondue:

- 200 g de queijo emmental ralado
- 200 g de queijo gouda ralado
- 200 g de queijo esférico ralado
- 100 g de queijo tipo roquefort ralado
- 200 g de queijo gruyere ralado
- 400 g de requeijão
- 200 g de queijo cheedar
- 400 g de creme de leite
- 1 colher (sobremesa) de noz-moscada

Como fazer Fondue no Pão:
Para o fermento natural:

Numa batedeira, coloque 1 kg de farinha de trigo na
batedeira.Ligue a batedeira e vá acrescentando, aos poucos, 500
ml de caldo de cana puro.
Deixe fermentar por 7 dias, numa vasilha com tampa. Após este
tempo, faça pequenas porções do fermento, tampe  e leve à
geladeira.
Obs: quanto mais escuro o caldo, mais doce ele é.

Para o pão italiano:

Numa batedeira, coloque 1 kg de farinha de trigo especial,
adicione 20 g de sal e misture.Acrescente 300 g de fermento
natural e, aos poucos, junte 10 g de fermento biológico diluído
em 550 ml de água filtrada para não perder o ponto.Bata na
velocidade 1 por 5 min. Em seguida, bata na velocidade 5 por mais
5 min. Deixe descansando por 30 min.

Após este período, modele de acordo com sua preferência: bola,
filão, baguete.
Deixe descansando novamente por cerca de 30 min e leve ao forno
(180ºC) pré-aquecido por 30 min.

Para o fondue:

Numa tigela, coloque 200 g de queijo emmental ralado, 200 g de
queijo gouda ralado, 200 g de queijo esférico ralado, 100 g de
queijo tipo roquefort ralado, 200 g de queijo gruyere ralado, 400
g de requeijão, 200 g de queijo cheedar. Acrescente 400 g de
creme de leite. Misture bem até obter uma massa homogênea.

Salpique 1 colher (sobremesa) de noz-moscada.
Faça um corte no pão italiano, como se fosse uma tampa retire o
miolo, e coloque a mistura dos queijos.

Feche a tampa e envolva o pão italiano em papel-alumínio. Leve ao
forno médio 170ºC por 50 min. Retire o papel-alumínio e sirva.

Rendimento: 5 pães italianos com 350 g (cada) e 1 pão italiano
com 150 g.

Com mais de 2 mil anos de existência, a massa azeda e um fermento
natural, a base de massa envelhecida. O método de fermentação
utilizada pelos gregos foi a LEVEDURA DE CERVEJA. Pouco a pouco,
a massa azeda ou fermento natural foi deixando de ser utilizada,
pois além de delicada e sensível, o tempo de fermentação é maior,
o dobro do fermento biológico.

A técnica de preparo de  fermentação natural dá-se a partir da
fermentação de uma fruta.

A água representa 70 por cento do peso do fermento que é composta
por células microscópicas vivas, FUNGOS.

São encontrados, em média, cerca de 10 bilhões de fungos em uma
grama de fermento.

O fermento se incorpora às misturas e, na presença do alimento
(AÇÚCAR), umidade, e calor, a fermentação produz um gás DIÓXIDO
DE CARBONO, que fica pressa a massa fazendo-a crescer.

O fermento é muito sensível à temperatura. O ideal é deixá-lo à
temperatura de 32 a 43 graus. A temperatura abaixo de 2 graus ele
se torna dormente e acima de 55 graus, morre.

O sal é utilizado na confecção de pães por que ele fortalece o
glúten em ambientes ácidos, tornando a massa mais forte e
elástica.

Além disso, atua no controle do crescimento dos pães. Pouco sal
não irá apenas melhorar a textura; também fará com que ele cresça
mais rapidamente. Muito sal, porém, fará com que o fermento seja
destruído. A porção ideal de sal em relação a farinha de trigo é
de dois por cento.

Mais Diversos e Acompanhamentos...

Cebola Caramelizada

Cebola Caramelizada
1 kg de cebolas médias 1 xícara (chá) de molho de soja (shoyu) 4 colheres (sopa) de açúcar 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva ... :: Enviada por: Camila

data 01/09/2008

comida Ver Receita


Canelone com Presunto Queijo e Espaguete

Canelone com Presunto Queijo e Espaguete
:: Enviada por: sergio coelho

data 11/01/2011

comida Ver Receita


Tomate e Mussarela com Molho de Vinagre

Tomate e Mussarela com Molho de Vinagre
2 tomates médios bem maduros e firmes 2 mussarelas médias de búfala em conserva no soro molho 1/2 xícara (chá) de vinagre balsâmico 4 colheres ... :: Enviada por: Camila

data 22/07/2008

comida Ver Receita


© 2007-2019 Mundo de Sabores